COMO ORGANIZAR
O REGRESSO À ROTINA

 

O FIM DAS FÉRIAS E O REGRESSO ÀS AULAS PODE SER VISTO
COMO UMA OPORTUNIDADE PARA SE REORGANIZAR E ENCONTRAR METODOLOGIAS
QUE PODEM AJUDAR A GERIR O TEMPO E A ALIMENTAÇÃO DA SUA FAMÍLIA DA
MELHOR FORMA. NÓS DAMOS UMA AJUDA COM DEZ DICAS PRECIOSAS!

 


 

As férias chegaram ao fim e as aulas e a rotina estão de regresso. Com elas chega a azáfama de preparar mochilas e marmitas, trabalhar, estudar, fazer trabalhos de casa e, pelo meio, ainda reservar tempo para brincar.
Porque sabemos que o tempo é sempre curto e anda sempre a correr, reunimos algumas dicas fundamentais para lhe facilitar a vida neste regresso e, ao mesmo tempo, garantir que os seus filhos andam sempre felizes com a marmita (saudável!) que levam para a escola e a família tem um menu variado. E no meio disto tudo lhe sobra tempo!

Organização é a palavra de ordem
Pode parecer um cliché, mas a verdade é que é fundamental para que o seu tempo é precioso e quanto melhor se organizar nas rotinas do dia a dia, mais tempo terá para passar com os que mais ama. Até porque comer fora com regularidade dificilmente é solução para a maioria das famílias portuguesas - ainda que muitas vezes o cansaço e a falta de tempo nos faça desejar um chefe de cozinha sempre ao dispor. Assim, planear o menu da semana pode ser um bom princípio. Se nunca o fez, pode parecer um desafio intransponível, mas vai ver que facilitará - e muito - a sua vida.
Para ajudar pense que as refeições principais - seja para miúdos ou graúdos - devem incluir:

1. Hidratos de carbono amiláceos - como pão, batatas, arroz ou massas
2. Frutas e legumes - de preferência frescos
3. Proteína - como carne, peixe, ovo, leguminosas ou uma alternativa láctea, como o queijo
4. Água ou outra bebida natural

Faça listas
Com o menu definido faça a lista das compras que vai precisar. Programe uma ida grande às compras para cada mês e depois outras mais breves para reabastecer o stock de frescos. Para ajudar há até aplicações que permitem organizar a lista de compras e sincronizá-la com a restante família.

Ter método é importante
Na lufa-lufa do dia a dia, chegar a casa preparar do zero jantar para a família e almoços e lanches para o dia seguinte é muitas vezes uma missão impossível. Em vez de cozinhar todos os dias, concentre a preparação das refeições num só dia da semana - claro que não se pretende que produza todas as refeições, mas que as adiante. Vai ganhar tempo.


..........
 

PARA AJUDAR A REFRIGERAR AS LANCHEIRAS DOS SEUS
FILHOS MAS NÃO AS SOBRECARREGAR COM AS PESADAS
BARRAS DE GELO, FAÇA AS SUAS PRÓPRIAS BARRAS
A PARTIR DE ESPONJAS DE LAVAR A LOIÇA  


..........


Escolha as marmitas certas
Que conservem, mas não sejam pesadas (já basta de peso nas mochilas!) e de preferência que sejam compartimentadas. Se as suas lancheiras não garantirem devidamente a refrigeração saiba que há uma forma de evitar as pesadas barras de gelo.

1. Compre esponjas de lavar a loiça (daquelas amarelas e verdes) e sacos de plástico com fecho zip
2. Retire a parte verde das esponjas e mergulhe-as em água até estarem ensopadas.
3. Depois é só colocar cada esponja num saco, eliminar o ar, fechar e colocar no congelador. Passa a ter barras de congelação do tamanho de que precisa, mais leves e muito mais económicas.

Não se esqueça da água
Habitue os seus filhos a beber água desde pequenos e, já agora, escolha com eles uma garrafa do seu agrado que possam transportar sempre na mochila. Não só evita o desperdício plástico, como os motiva para se manterem hidratados. De vez em quando, para variar, pode optar por um sumo natural.

 

A fruta oxida
A fruta é algo fundamental em qualquer lancheira (de miúdos e graúdos!).
O problema é que a fruta oxida quando a partimos e descascamos - mas se não o fazemos o mais provável é que regresse a casa sem ser comida com a desculpa que tinha casca e estava inteira, não é?
A oxidação é uma reação química que tem lugar no contacto dos alimentos com o oxigénio no ar - a fruta fica feia e existe uma redução vitamínica, mas a verdade é que não é prejudicial para a saúde.

Por isso, mais vale comer fruta, mesmo que apresente alguns sinais de oxidação, do que não comer.

Ainda assim, há alguns truques. Por exemplo, se incluir na marmita pera ou maçã, pode espremer umas gotas de limão e assim retardar a oxidação.

Outro truque para a maçã é cortá-la em quartos, mas depois juntá-los usando um elástico - não só oxida menos como eles acham divertido. E use sempre lancheiras refrigeradas
 

Além disto, privilegie:
-fruta rica em vitamina C, já que o ácido ascórbico é um anti-oxidante: laranja, tangerina, kiwi ou abacaxi
-fruta que não precisa de ser cortada e/ou descascada: morangos, uvas ou tomate cereja
-fruta que não oxida facilmente: melão, meloa ou melancia

Uma surpresa para os que mais ama
Os primeiros dias de volta às aulas não são fáceis. Seja na escola de sempre ou num novo estabelecimento de ensino, há inseguranças que muitas vezes retiram entusiasmo ao regresso às aulas. Por isto mesmo, não há melhor altura para surpreender os seus filhos. No meio da lancheira, esconda um bilhetinho a dizer o quanto gosta deles ou a combinar um passeio no parque depois das aulas. Vão adorar e até vão comer melhor!

Faça da alimentação um jogo
E convide-os a participar! Se os seus filhos sentirem que têm uma palavra a dizer em relação ao que comem, vão ter mais prazer na alimentação. Ao mesmo tempo, é uma ótima oportunidade para lhes mostrar quais as escolhas mais saudáveis.

Crie o dia de festa
De vez em quando, envie um doce na lancheira dos seus filhos. Mas varie o dia, para que seja uma surpresa! Desta forma, deixa-os contentes, mas ensina-os que os doces devem fazer parte da alimentação com parcimónia. Um quadrado de chocolate negro ou os nossos muffins de iogurte, banana e framboesa vão seguramente agradar.

Panquecas, essas grandes aliadas!
São uma ótima e prática opção para um lanche. Podem ser saudáveis (veja as nossas receitas de panquecas de aveia e de panquecas de aveia e alfarroba) e dificilmente não agradam aos mais novos. E sabia que pode fazer em quantidade e congelar? Use papel de congelação para as manter separadas e depois é só tirar do congelador as que vai precisar para o dia seguinte, deixar a descongelar e de manhã estarão prontas para comer.

Pode encontrar ainda mais dicas para um regresso às aulas saudável aqui.

 


.