• bg

Biovivos
  Já ouviu falar nos Biovivos? Fomos conversar com João Henriques, mentor e fundador do projecto, sobre as implicações destes superalimento na nossa saúde e quais são as receitas mais apetecíveis para os utilizar. Vai descobrir que os Biovivos são uma opção fácil de introduzir no seu dia a dia, para ter acesso a importantes nutrientes, sem grande esforço.
 

O que são os Biovivos?
Os Biovivos são um superalimento vivo, biológico e sustentável, produzido em micro-estufas urbanas com baixo consumo de energia e água. Trata-se de três variedades de plantas com uma elevada densidade nutricional, comercializadas vivas para manter todos os nutrientes até ao momento de consumo.

 

Quais são as suas principais utilizações? A erva de trigo é ideal para sumos e os biovivos de ervilha e girassol resultam muito bem nas saladas, sandes, wraps ou como snack vivo para substituir as bolachas enquanto estamos sentados ao computador.

Algumas receitas a experimentar?
Cortar, lavar e juntar a todos os alimentos. Temperar a gosto e comer!


      Consumam um vaso de Biovivos por dia,
      para ter acesso a vitaminas, aminoácidos e antioxidantes
      na sua forma ideal, ou seja, “vivo e sustentável”.


      Como iniciaram o projecto dos Biovivos?
      Em 2014, após vários anos de experiências agrícolas chegamos à conclusão que os Biovivos são umas das melhores e mais sustentáveis fontes de nutrientes. Os resultados que temos tido ao longo de quatro anos comprovam o impacto que um simples vaso com uma planta pode ter na saúde dos nossos consumidores.

      Porque produziram em modo biológico?
      Os Biovivos são cultivados para serem um alimento nutritivo e saudável, e não podem ter químicos sintéticos ou orgânicos que fazem mal à saúde dos consumidores. Queiramos ter um produto limpo e sustentável e a melhor forma de o fazer é produzir de modo biológico ou em outros processos de agricultura ecológica e consciente.


      Se querem saber mais sobre os Biovivos 
      visitem o site oficial www.biovivos.pt